Procurar: na secção:

Jacinta and the Michael Bluestein Quartet

Participação no JazzValado em 20 de Fevereiro de 2003 - 6º Festival

 
 
Voz - Jacinta
Piano - Michael Bluestein
Saxofone - Rob Roth
Contrabaixo - John Shifflett
Bateria - Jason Lewis
 
Aclamada na crítica portuguesa pela sua "voz quente, redonda, possante" (Miguel Soares, Comércio do Porto), Jacinta recebeu o prémio "Músico Revelação 2001” do programa Cinco Minutos de Jazz (Antena 1, desde 1966).

"Segura, conhecedora" (Emanuel Carneiro, Jornal de Notícias), Jacinta transmite emoção e garra no timbre da sua voz, complementando-a com um swing sólido e natural. Impressionantes intonação e comando vocal, destacam-na entre cantores de jazz.

Jacinta tem um passado musical pouco comum numa cantora de jazz. Submergindo-se no estudo de música clássica em piano e composição, e até liderando como cantora e compositora um grupo de rock sinfónico, é no mundo do jazz que a sua energia musical encontra plena expressão.

Aos 22 anos uma excelente actuação de jazz vocal no programa Chuva de Estrelas impulsionou a sua carreira como cantora, tendo sido solicitada para inúmeros concertos a partir de então.

Em 1997 Jacinta mudou-se para Nova Iorque para frequentar a Manhattan School of Music, onde foi premiada com bolsa de estudos para realização de Mestrado em Jazz Vocal. Ainda em Nova Iorque, Jacinta participou em workshops por grandes nomes do jazz contemporâneo, como Maria Schneider, Ed Neumeister, Mark Murphy, Dave Holland e Annie Ross. Prosseguiu estudos de improvisação com Chris Rosenberg da banda de Ornette Coleman, e de interpretação estilística com Peter Eldridge dos New York Voices. Jacinta começou a cantar profissionalmente em Nova Iorque, deslumbrando o público com o seu estilo enérgico.

Em Fevereiro de 2001 Jacinta voltou a Portugal a convite do aclamado trompetista e compositor Laurent filipe, para uma série de concertos de homenagem a Bessie Smith, a grande imperatriz do Blues.
Entre os mais respeitados críticos de jazz em Portugal, Jacinta foi descrita como tendo "uma presença em palco cheia de confiança e à vontade" (António Rubio, Correio da Manhã), e como possuidora de uma "voz forte e soberana” (António Ferro, O Primeiro de Janeiro).

Jacinta possui um forte sentido rítmico e as suas improvisações de jazz são dignas "de uma cantora cheia de maturidade, de um nível que nunca apareceu neste país" (António Rubio, Correio da Manhã).
Considerada "uma das grandes vocalistas do momento" (Rodrigo Affreixo, Blitz), Jacinta reside na área da Baía de São Francisco – Califórnia, onde, como vocalista da banda Lava, actuou em clubes de jazz de renome mundial como Yoshi’s e Kimball’s East.
 
 
 
© Copyright 2003 - 2017 jazzvalado.net  ||  Developed by http://www.factorq.co.uk